Sinto muita falta de discutir e expor minhas crenças e opiniões acerca da educação. Faz muito tempo que fico querendo escrever para algum lugar sobre essas experiências.

Passeando pela net, encontrei o blog Aula de Português da professora Roberta. Diferentemente deste, o blog dela é voltado aos alunos. Achei tão interessante o site e a idéia que resolvi montar um blog voltado àqueles que gostam de discutir educação.

Aqui, gostaria que houvesse um espaço para que todos opinem, sejam favoráveis ou não a tudo o que é postado.

Mesmo que eu não encontre muitos leitores e interlocutores, será um espaço para eu desabafar minhas angútias educacionais.

Uma resposta to “Sobre o blog”

  1. Vilma C. Dallagnelo Says:

    Olá,

    Há muito queria encontrar um espaço para me relaiconar com outros educadores…

    Sou formada em letras e estou concluindo minha pós em Linguística.

    Já fui professora efetiva em escola pública. Saí, porque achei que não tinha mais paixão pela sala de aula.

    Depois de 5 anos afastada e trabalhando em outras atividades, retornei. Estou fazendo uma substituição de 90 dias, mas cheguei a conclusão que sala de aula é um ambiente extremamente nocivo à saúde emocional.

    Lecionando para 5a e 6as séries encontrei um público completamente desinteressado, limitados em todos os aspectos da leitura e da escrita, sem educação, sem limites e com atitudes e posturas que escandalizam qualquer um.

    Estou “saindo correndo” e nem por um decreto volto à sala de aula… Sem compromisso e sem responsabilidade o que eu encontro é um monte de crianças que falam palavrões, que não se sentem em nada comprometidos com a escola, que fazem tudo “nas coxas” …

    Mais triste é saber que eles representam o nosso futuro… Como saberão ser líderes se desrespeitam qualquer autoridade e se acham muito importante.

    Todos os dias, perco mais tempo resolvendo conflitos e trabalhando questões de disciplina do que ensinando propriamente dito.

    Além do que, nossa escola é do tempo do mimiógrafo e os xerox são limitados a 150 cópias por mês… Na área de LP, lecionado 40 horas, tal cotas não é nada!

    Vilma

    Estou decepcionada, triste e sem rumo, pois estou abrindo mão de uma profissão e ainda não sei com o que vou trabalhar…

    Aguardo tuas considerações.

    Vilma

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s